Acheitudo

Ícone

Aqui você só não encontra o que não existe…..

Definições sobre Mar Vermelho.

O mar Vermelho (árabe:Bahr el-Ahmar, hebraico Yam Suf ou Hayam Haadóm) é um golfo do oceano Índico entre a África e a Ásia. Ao sul, o mar Vermelho comunica com o oceano Índico pelo estreito de Bab el Mandeb e o golfo de Aden. Ao norte se encontram a península do Sinai, o golfo de Aqaba e o canal de Suez (que permite a comunicação com o mar Mediterrâneo).

O mar Vermelho tem um comprimento de aproximadamente 1 900 km, por uma largura máxima de 300 km e uma profundidade máxima de 2 500 metros na fossa central, com uma profundidade média de 500 metros, sua água tem um percentual de salinidade de 40%. O mar Vermelho é famoso pela exuberância de sua vida submarina, sejam as inúmeras variedades de peixes ou os magníficos corais. A superfície do mar Vermelho é de aproximadamente 450 000 km², com uma população de mais de 1 000 espécies de invertebrados, de 200 espécies de corais e de ao menos 300 espécies de tubarões.

As temperaturas na superfície do mar Vermelho são relativamente constantes, entre 21 e 25 °C. A visibilidade se mantém relativamente boa até 200 metros de profundidade, mas os ventos podem surgir rapidamente e as correntes se revelarem traiçoeiras.

A criação do mar Vermelho é devida à separação das placas tectónicas da África e da península arábica. O movimento começou há cerca de trinta milhões de anos e continua atualmente, o que explica a existência de uma atividade vulcânica nas partes mais profundas e nas margens. Admite-se que o mar Vermelho transformar-se-á em um oceano, como propõe o modelo de John Tuzo Wilson.

O mar Vermelho é um destino turístico privilegiado, principalmente para os amantes de mergulho submarino.

Os países banhados pelo mar Vermelho são o Djibuti, a Eritréia, o Sudão, o Egito, Israel, a Jordânia, a Arábia Saudita e o Iêmen.

Algumas cidades costeiras do mar Vermelho: Assab, Port Soudan, Port Safaga, Hurghada, Suez, Sharm el Sheik, Eilat, Aqaba, Dahad, Jedda, Al Hudaydah.

Ao contrário do que possa parecer, o Mar Vermelho, braço do Oceano Índico entre a costa da África e a Penísula Arábica, não tem esse nome por causa de sua cor. De longe suas águas têm um aspecto azulado. Normalmente são também bastante límpidas, o que faz que a região seja utilizada para atividades de mergulho. A mais provável origem do nome são as bactérias trichodesmium erythraeum, presentes na superfície da água. Durante sua proliferação elas deixam o mar com manchas avermelhadas em alguns lugares. Outra possibilidade são as montanhas ricas em minerais na costa arábica, apelidadas de “montanhas de rubi” por antigos viajantes da região.

About these ads

Arquivado em:Sem categoria,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Mais acessados

  • Nenhum

RSS Ultimas do G1

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Concursos Públicos

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Vestibulares e Educação

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: